Publicado por: pongpesca | 2009/12/22

A pesca: à procura de um modelo sustentável

 

“O sector das pescas dos Estados costeiros da África, Caraíbas e Pacífico vive dias movimentados. Os desafios que o sector deve enfrentar são múltiplos, quer se trate da questão da integração ou não do sector nos Acordos de Parceria Económica, da criação de estruturas adequadas para assegurar uma pesca sustentável, tanto da parte das suas frotas como das frotas estrangeiras – singularmente as frotas europeias -, quer se trate ainda da viabilidade das pescarias artesanais, vitais em determinados Estados costeiros, como o Senegal, a Mauritânia ou alguns países das Caraíbas.

Como pano de fundo, está a nova proposta da Comissão Europeia, apresentada em Outubro de 2007, para lutar contra a pesca ilícita, que é um flagelo de uma envergadura tal que se tornou numa das preocupações prioritárias a nível internacional. Os desafios são de tal ordem que paralisaram este processo em três questões de actualidade: a luta contra a pesca ilícita, o acordo exemplar de parceria de pesca entre a União Europeia e a Mauritânia e a pesca artesanal.”

– Notícias relacionadas:

  • Guerra aberta à pesca “ilícita, não declarada, não regulamentada”
  • Os novos acordos de parceria
  • O exemplo – controverso – da Mauritânia
  • Pesca artesanal ACP: a mais eficaz para responder aos desafios do novo milénio
  • Pescas artesanais: os desafios da rastreabilidade e da qualidade. O caso do Senegal

Fonte: The Courier – Marie-Martine Buckens – Dossier Edição N° V N.E.) – Abril/Maio 2008


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: