Publicado por: pongpesca | 2010/01/15

Faro cria Comissão de Apoio a Pescadores e Aquacultores

Foto

hugo rodrigues 

Mariscador no Esteiro do Ramalhete, na Ria Formosa
 

“A Câmara de Faro aprovou ontem, na reunião do executivo, a criação da Comissão Municipal de Apoio a Pescadores e Aquacultores, para promover a «cooperação institucional entre os diversos agentes destas actividades de molde a que se encontrem soluções que promovam o dinamismo económico do sector».

A Comissão é composta por 14 entidades. Além da própria Câmara, fazem parte as Juntas de Freguesia da Sé, de S. Pedro e do Montenegro, a VIVMAR – Associação de Viveiristas e Mariscadores da Ria Formosa, a APRAFA – Associação para a Defesa e Desenvolvimento da Praia de Faro, bem como as associações Nascente Duna Mar, de Moradores dos Hangares e de Moradores da Ilha da Culatra, e ainda a Capitania do Porto de Faro, o IPTM – Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos, o Parque Natural da Ria Formosa (ICNB), a Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve e a Administração da Região Hidrográfica do Algarve.

Segundo a autarquia, a criação desta comissão obedece a uma linha de acção que visa valorizar este sector de actividade, não apenas porque tem um peso económico-social significativo, mas também porque representa modos de vida tradicionais que urge preservar e proteger.

A Câmara de Faro assume-se como «entidade pública com responsabilidades na matéria», explicando que a criação da Comissão servirá para «suprir uma grave lacuna, incompreensível se atendermos a que o concelho é dotado de uma ampla zona costeira, alberga a Ria Formosa que se qualifica como um manancial de recursos estratégicos para o desenvolvimento sustentado e estas actividades têm um potencial de crescimento socio-económico expressivo».

As atribuições da Comissão passam, entre outras, por auxiliar a preparação de candidaturas a projectos que visem a modernização das frotas e das artes, avaliar o estado do sector no concelho e definir estratégias concertadas de actuação, e envolver as entidades participantes numa estratégia com vista ao aproveitamento económico, turístico e recreativo da Ria Formosa.”

Fonte: Barlavento online – 14 de Janeiro de 2010


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: