Publicado por: pongpesca | 2010/04/06

Encalhe na Grande Barreira | Salvamento pode levar semanas, diz governo

“Navio com 65.000 t de carvão vaza óleo na Grande Barreira de Coral desde sábado. 

Óleo vaza do navio chinês Shen Neng 1 Óleo vaza do navio chinês Shen Neng 1 desde sábado
O resgate do graneleiro chinês Shen Neng 1, encalhado desde sábado numa área protegida da Grande Barreira de Coral, na Austrália, deve levar semanas, de acordo com informações do governo do estado de Queensland, em cuja costa o acidente ocorreu. 

Anna Bligh, primeira-ministra (governadora) de Queensland disse que uma equipe de salvamento está a bordo do navio de 230 metros e tenta estabilizar a situação. “De acordo com os especialistas em segurança que conversaram comigo, pode levar algumas semanas”, revelou Bligh à rádio da Australian Broadcasting Corporation (ABC).“O navio está em um trecho muito sensível dos recifes e está seriamente avariado, administrar esta situação exigirá todo o conhecimento especializado que pudermos reunir”, acrescentou ela.

Bligh declarou ainda que o armador do navio pode ser multado em até AU$ 1 milhão (cerca de R$ 1,6 milhão) por ter deixado a rota obrigatória utilizada, a cada ano, por mais de 6.000 cargueiros

“Há canais seguros permitidos para a navegação e é lá que este navio devia estar”, afirmou Bligh.

Autoridades temem naufrágio

O principal receio das autoridades australianas é de que o navio se parta durante a tentativa de salvamento ou deixe vazar as 950 toneladas de óleo combustível pesado que ainda estão a bordo.

Segundo a Autoridade Marítima de Queensland, a avaliação inicial da equipe de salvamento constatou que o navio sofreu uma água-aberta (rombo) na praça de máquinas. Houve também avarias no motor principal e o leme sofreu graves danos.

“Um dos aspectos que mais preocupa é que o navio ainda se move sobre os recifes, à mercê do mar, e isto causa mais estragos” aos corais e ao casco, declarou Patrick Quirk, gerente-geral da Autoridade Marítima.

Quirk anunciou que um rebocador especializado já está no local para ajudar a manter o navio o mais imóvel possível e que outro equipamento tem chegada ao local do acidente prevista para a tarde de hoje.

Um barco da polícia está a postos para resgatar os 23 tripulantes do navio, caso seja preciso abandoná-lo.

Anatomia de um desastre

O graneleiro Shen Neng 1 partiu do porto de Gladstone no último sábado, 3/4, com destino à China, carregado com 65.000 toneladas de carvão.

Por volta das 17 h locais do mesmo dia, o navio encalhou, com as máquinas em toda força adiante, na localidade de Douglas Shoals, a cerca de 70 km a leste da Ilha Grande Keppel, um dos destinos turísticos mais movimentados da região.

A posição do acidente fica nove milhas (15 km) fora da faixa de navegação obrigatória.

O navio não tinha a bordo um prático — navegador experimentado e com profundo conhecimento local — para navegar pela Barreira, já que as leis australianas dão ao comandante o direito de escolher se quer ter o profissional a bordo para navegar o trecho onde ocorreu o encalhe, entre os portos de Gladstone e Cairns.”

Fonte: Blogue do lotsman – 5 de Abril de 2010


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: