Publicado por: pongpesca | 2014/09/02

A I Guerra Mundial deu “lucros! muitos lucros!” à indústria das conservas

870492“É difícil imaginar um soldado a combater numa guerra, com fome e frio, preparado para abrir uma lata de conserva de sardinha e só lá encontrar serradura. Ou talos de couve. Ou cabeças de peixe.

A indústria portuguesa das conservas estava ao rubro com o aumento da procura. A conservação de alimentos permitida pela esterilização era perfeita para alimentar os milhares de homens atirados para as trincheiras e, se vender para o estrangeiro já antes era uma realidade para os empresários, com a I Guerra Mundial o sector teve o seu arranque definitivo. Contudo, para alguns, a ânsia do lucro foi mais forte.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Público – 1 de setembro de 2014


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: