Publicado por: pongpesca | 2017/12/21

Pescada e carapau vêm menos à “rede” portuguesa em 2018

“Menos pescada (-12%) e carapau (-24%); a mesma quantidade de biqueirão, julianas, solhas, linguados e tamboris; e mais possibilidades de pesca de raias (15%), lagostins (13%) e areeiros (19%) nas águas nacionais em 2018. Este é o resultado para Portugal do acordo europeu sobre os totais admissíveis de capturas e quotas no Atlântico e no Mar do Norte.
As duas reduções que resultaram desta longa negociação em Bruxelas – durou quase 22 horas e terminou oficialmente às 6:38 (hora de Lisboa) desta segunda-feira, 13 de Dezembro – estão a ser desvalorizadas pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e relativizadas também pelos operadores do sector. É que, mesmo com cortes desta dimensão, estas quotas devem bastar para o que é capturado pelos pesqueiros portugueses.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Jornal de Negócios, 13 de dezembro de 2017

 


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: