Publicado por: pongpesca | 2018/05/04

E se trocarmos a sardinha pelo carapau?

“Algo muito grave está a acontecer com a sardinha. E a maior evidência disso é o facto de tão poucos peixes crescerem até se poderem chamar, efetivamente, sardinhas.
Segundo os dados científicos do ICES (sigla inglesa para Conselho Internacional para a Exploração do Mar), a cada quatro ou cinco anos, sensivelmente, há um pino no “recrutamento” um aumento exponencial no número de animais que atingem uma idade considerada viável (podem ainda não ter atingido a maturidade, mas já têm tamanho suficiente para subsistirem por si mesmas). Acontece que o último pino deu-se em 2004, e mesmo esse foi pouco acentuado. Ou seja, não há uma entrada considerável de novas sardinhas no ecossistema. E este é provavelmente o maior sinal de colapso dos stocks de sardinha.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Visão, 30 de abril de 2018


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: