Publicado por: pongpesca | 2018/08/07

Alan Friedlander: “As áreas marinhas protegidas beneficiam as pescas”

default-preview“Para o norte-americano Alan Friedlander, esta aventura começou com um convite do espanhol Enric Sala, director dos Mares Prístinos e agora explorador-residente da National Geographic Society. Estava a convidá-lo para uma expedição no Pacífico ainda antes do início deste programa, que seria lançado em 2008.
Desde então houve 25 expedições dos Mares Prístinos – número alcançado numa expedição aos Açores em Junho, em parceria pela (portuguesa) Fundação Oceano Azul. As atenções recaíram nas ilhas das Flores, do Corvo e Pico e em montes submarinos como o Princesa Alice e o Gigante, onde veio a descobrir-se, neste último caso, um campo hidrotermal durante esta campanha.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Público, 6 de agosto de 2018

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: