Publicado por: pongpesca | 2018/10/12

Bruxelas retira abrótea da gestão dos stocks de pesca de profundidade

Bruxelas retira abrótea da gestão dos stocks de pesca de profundidade“A Comissão Europeia propôs esta terça-feira os totais admissíveis de capturas (TAC) para espécies de profundidade em 2019 e 2020, suprimindo do sistema a abrótea-do-alto do Atlântico Nordeste, por considerar que as quantidades pescadas não comprometem as unidades populacionais.
Para os TAC de peixe-espada preto, Bruxelas propõe um corte de 6%, para as 2.832 toneladas em 2019 e 2020 nas zonas de pesca que abrangem Portugal continental e Açores, sendo que nas águas em torno da Madeira (zona CECAF) passam, nesta espécie, a ser geridas por autoridades nacionais.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Açoriano Oriental, 9 de outubro de 2018


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: