Publicado por: pongpesca | 2015/03/06

Candidaturas | Coordenador/a da SPEA Madeira

O cargo é criado para coordenar a SPEA-Madeira e os diversos projetos da responsabilidade da SPEA na Região. O selecionado será ainda responsável pela coordenação do Projeto LIFE+ Fura-bardos, cujo objetivo é a conservação do Fura-bardos através da recuperação e proteção do seu habitat natural – a floresta Laurissilva da Madeira. Candidaturas até 25 março.

Ver descrição completa aqui.

Fonte: SPEA – 03 de março de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/03/06

FishFiles Lite: February 2015

banner_bg“FISHERIES POLICY AND FISH HYGIENE BY MEGAPESCA LDA

TECHNICAL INFORMATION IN FOOD & FISHERIES POLICY & DEVELOPMENT

February, 2015

Dear Colleague,

FishFiles Lite is a free newsletter summarising key developments in EU fisheries and fish trade policy and legislation and is currently being received by over 13,500 fisheries professionals each month.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: MegaPesca – 01 de março de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/03/06

eMar – n.º 48 – março de 2015

femnews_marcafPode consultar o último número da newsletter do FEEM aqui.

Subscrever aqui.

Consultar edições anteriores aqui.

Fonte: FEEM – 5 de março de 2015

unnamed

Despacho n.º 15793-b/2014 – Interdição de captura de sardinha até 28 de fevereiro de 2015 e um limite de  4  mil toneladas para as descargas de sardinha capturada com arte de cerco, no período de 1 de março a 31 de maio de 2015.

Espécie Carapau por lotas, tamanhos e graus de frescura – Semana de 23 a 27 de fevereiro de 2015

Espécie Cavala por lotas, tamanhos e graus de frescura – Semana de 23 a 27 de fevereiro de 2015

Mais informações aqui.

Fonte: Docapesca – 4 de março de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/03/05

Mares de Sesimbra nº 20 – 3 de março

maressesimbra_11Pode consultar o último número do Jornal Mares de Sesimbra aqui.

Subscrever ou consultar edições anteriores aqui.

Fonte: Mares de Sesimbra –  3 de março de 2015

De 65 mil toneladas em 2008 para apenas 15 mil em 2014. Pesca de sardinha atingiu mínimos no último ano. Pescadores voltam a pescar sardinha em março e falam numa situação social e económica difícil.

Ver artigo completo aqui.

Fonte: TSF Rádio Notícias – 26 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/03/05

Nasceu associação Mar7 virada para o Mar

Nasceu em Setúbal uma nova associação, designada MAR7, que pretende contribuir para o desenvolvimento da Economia do Mar no distrito de Setúbal, através de uma posição colaborante e interventiva, focada na renovação da identidade marítima da região e na afirmação do mar nas suas multifacetadas potencialidades.

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Anopcerco – 05 de março de 2015

bruxelas-parlamento-europeu-150x150O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia apresentou, em Bruxelas, algumas iniciativas que têm vindo a ser desenvolvidas nos Açores, nomeadamente “a designação de áreas marinhas protegidas por iniciativa de associações ou cooperativas de pescadores” e a promoção da Pesca Turismo como “forma de permitir desenvolver fontes de rendimentos adicionais à comunidade piscatória”.
Fausto Brito e Abreu falava terça-feira, à margem da Conferência Sailing Towards 2020, onde estiveram em análise os resultados do Eixo 4 do PROMAR, bem como o futuro do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas nas comunidades costeiras no período de programação 2014-2020.
Nesta conferência foram também discutidas várias iniciativas relacionadas com a diversificação de atividades nas comunidades piscatórias, a venda direta de peixe pelos pescadores a compradores locais através da Internet e o desenvolvimento de núcleos de turismo associados às atividades da pesca.
“Esta conferência reuniu algumas centenas de representantes de grupos de ação local costeira que apresentaram projetos e iniciativas que foram desenvolvidos com sucesso em diferentes regiões da Europa”, salientou o Secretário Regional do Mar, acrescentando que foi “muito útil” tomar contacto com alguns destes projetos, que “poderão ser relevantes” nos Açores.

Ver artigo completo aqui

Fonte – Açores24horas – 4 de março de 2015

0e1f35e7-8ee5-4b9c-844b-6a35e322af3f-620x372“Australia has embarked on a “whole of government” diplomatic and ministerial lobbying campaign to correct “misinformation” and prevent the Great Barrier Reef from being placed on the Unesco world heritage committee’s “in danger” list, a Senate committee has been told.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: The Guardian – 26 de fevereiro de 2015

“Um grupo de investigadores da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche avançou com um estudo-piloto onde demonstram que a pesca da sardinha pode tornar-se uma rota turística. O projecto Fish Tour quer levar os turistas a verificarem como se faz esta pesca tradicional.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte – TSF – 2 de março de 2015

shapeimage_6“The deep-sea is the largest ecosystem on Earth, it harbours high biodiversity and provides a wealth of resources yet, it is also the least explored and understood. Since their first edition in 1977, the international deep-sea symposia have been invaluable forums for exchange of information on the most recent deep-sea explorations and scientific advances. Moreover, the symposia  have also been wellsprings of cooperation and formation of new research groups and projects.

In 2015 it is the turn of Aveiro, Portugal to host the International Deep-Sea Biology Symposium. Previous conferences have been held in Kristineberg, Sweden (1977), La Jolla,  USA (1981), Hamburg, Germany (1985), Brest, France (1988), Copenhagen, Denmark (1991), Heraklion,  Greece (1994), Monterey Bay, USA (1997), Galway, Ireland (2000), Coos Bay,  USA (2003), Southampton, UK (2006), Reykjavík, Iceland (2010) and Wellington, New Zealand (2012). Once again the Symposium will provide the opportunity for members of the international deep-sea science community to discuss and present their latest research results.

Host Institution: University of Aveiro
Where: Aveiro, Portugal
When: 31st August – 4th September 2015
Conveners: Marina Cunha
Ricardo Serrão Santos
Ana Hilário”

Incrições

Submissão de Artigos

Programa

Mais informações aqui: http://14dsbs.web.ua.pt/14dsbs/Home.html

Publicado por: pongpesca | 2015/03/03

Fair Trade Writes New Chapter In Story of Tuna

http://voices.nationalgeographic.com/2015/02/19/fair-trade-writes-new-chapter-in-story-of-tuna/

Photo: © Paul Hilton for Fair Trade USA

“Tuna is the second most popular seafood in the United States, yet for most Americans, it’s a non-descript protein puck that inevitably gets mixed with mayonnaise and celery. Maybe the tuna in that can came from the Philippines, or Micronesia? Perhaps it was caught by a Japanese vessel and transferred to a processing plant in Thailand before making its way to your local supermarket. Maybe it was hooked on a longline or scooped up in a purse seine? Who knows?

In March, there will be a new type of tuna available that comes with a much different pedigree. That’s because Safeway and Fair Trade USA just announced a partnership to bring the first-ever Fair Trade Certified™ wild fish to the North American market. You may know Fair Trade from their work in coffee or chocolate, and with yesterday’s announcement, handline-caught yellowfin from the Maluku Island chain of Indonesia is now part of their ever-expanding product portfolio.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: National Geographic Blogs – Ocean Views – 19 de fevereiro de 2015

modulos-formacao-sophia

“>> Abertura de pré-inscrições <<

A Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), entidade responsável pela implementação da Diretiva Quadro Estratégia Marinha (DQEM), identificou várias áreas de conhecimento sobre o ambiente marinho sob soberania de Portugal que exigem a consolidação de saberes e o aumento de massa crítica de técnicos qualificados para a boa execução dos Programas de Monitorização e de Medidas da DQEM.

O Projeto SOPHIA – Conhecimento para a gestão do ambiente marinho resulta de uma parceria entre a DGRM, a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e a Escola Superior de Comunicação Social, sendo suportado financeiramente pelas EEA Grants. Este projeto conta com a participação do  Instituto Dom Luiz (IDL) e do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente.

O projeto responde a algumas das necessidades identificadas, contribuindo para a formação profissional e a qualificação académica em 5 áreas temáticas. O público-alvo tem em conta a aplicação da DQEM. ”

Mais informações aqui, aqui e aqui.

Fonte: FCUL

Publicado por: pongpesca | 2015/03/03

NOAA – FishNews February 18, 2015

Pode consultar o último número da newsletter do NOAA Fisheries Service aqui.

Consultar números anteriores aqui.

Fonte: NOAA – 18 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/03/02

Atlantic stakeholder conference – Porto

logo_en1“As part of the implementation of the Atlantic Action Plan, the European Commission invites stakeholders to share their practical knowledge and ideas at the Atlantic Stakeholder Platform conference. The stakeholder platform is to be an annual event and will be the central hub for stakeholders of the Atlantic Strategy to meet, greet, seek ways of cooperation, share information and secure funding for example with the help of the the Support team for the Atlantic Action Plan.”

Ver mais informações aqui.

Fonte: European Commission

Pangas-en-Altata-740“Thousands of commercial and recreational fisheries exist worldwide, representing an important component of many countries’ economies and supporting billions of people around the world who rely on healthy oceans for food and income. Yet the health and status of most fish stocks remain unknown due to the high cost and complex nature of stock assessments. Stock assessment information is vital as it informs important decisions on how fisheries are managed,  impacting species’ ability to recover, fishermen’s ability to make a living and the availability of fish which billions of people around the world rely on as a source of protein.

The Framework for Integrated Stock and Habitat Evaluation (FISHE) equips fishery managers with a low-cost and highly effective resource to assess and sustainably manage their data-limited fishery. Based on the guide, Science-Based Management of Data-Limited Fisheries, FISHE simplifies the intricate fishery assessment process by walking users through a structured step-by-step framework that combines multiple methods.

To learn more about fishery management tools, visit fisherytoolkit.edf.org

Visite a página do projeto aqui.

“The International Association of Fish Inspectors is making the last call for applications for the 2015 Peter Howgate Award. This award will fund the attendance of a young fish technologist (under 30 years of age) to the IAFI World Seafood Congress 2015 in Grimsby UK, from 5th to 10th September 2015. The Award will cover travel, accommodation and the congress fee. The deadline for submission of applications is 31st March 2015. More information and an application form is available from http://www.peterhowgateaward.com.”;

Ver o site do congresso  aqui.

Fonte: WSC2015 – 26 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/26

Bolsa de Emprego

2 Bolsas de Investigação in the framework of the project TEFIX (refª 31-03-01-FEP-0185) “New techniques for detection of toxic phytoplankton in shellfish production areas. ”

Área Científica/destinatários: Environmental Sciences / Marine Sciences

Local: IPMA-Algés

Data limite de candidatura: 06 Março 2015 .

Ver anúncio completo aqui.

Fonte: eracareers

———————

1 Bolsa de Investigação no âmbito do Projecto Aquacor – “Projecto-piloto de cultivo de corvina em vários sistemas de produção”.

Área Cientifica / Destinatários: Earth and Atmosphere Sciences

Local:  Olhão

Data limite de candidatura: 03 March 2015.

Ver anúncio completo aqui.

Fonte: eracareers

———————

1 Bolsa de Gestão e Tecnologia – Collaboration in implementing the project SNIMar - Preparation of an integrated geographicalinformation for the management of marine and coastal waters.

Área Cientifica / Destinatários: Engineering, Natural Sciences or Geography

Local: Instituto Português do Mar e da Atmosfera, I.P., Lisboa.

Data limite de candidatura: 03 Março 2015.

Ver anúncio completo aqui.

Fonte: eracareers

———————

1 Bolsa de Investigador no âmbito da instituição de I&D “MARE – Marine and Environmental Sciences Centre”.

Área Cientifica / Destinatários: Biological sciences

Local: CRIA – MARE, Lisboa.

Data limite de candidatura: 26 March 2015.

Ver anúncio completo aqui.

Fonte: eracareers

———————

3 Bolsas de Investigação no âmbito do projeto Novomar intitulado “Consolidação do Centro Multipolar de Valorização de Recursos Marinhos visando Novos Usos do Mar”.

Área Cientifica / Destinatários: Química.

Local: Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

Data limite de candidatura: 10 March 2015.

Ver anúncio completo aqui.

Fonte: eracareers

———————

1 Bolsa de Investigador no âmbito do projeto Monitoring of marine environment contaminants in real-time by an autonomous biosensor platform. 

Área Cientifica / Destinatários: Química e Ciências do Mar.

Local: Universidade de Aveiro/Centro de Estudos do Ambiente e do Mar.

Data limite de candidatura: 27 March 2015.

Ver anúncio completo aqui.

Fonte: eracareers

RS21739_DSC_0071-lprOverfishing, pirate fishing and modern-day slavery in the Thai fishing industry must be addressed as interconnected issues. International demand for cheap seafood is fuelling a brutal trade in vulnerable people and the collapse of entire marine ecosystems. Aside from the devastating human cost and impact on wildlife, this issue compromises governance and economic sustainability in Thailand and across the region.

Ver artigo completo aqui.

Fazer download do Relatório aqui.

Veja o vídeo aqui.

Fonte: EJF Environmental Justice Foundation – 25 e fevereiro de 2015

6885
Os aquacultores estão preocupados com o impacto da fiscalidade verde na sua atividade e queixam-se de discriminação fiscal face a outras atividades do setor primário, como a agricultura e as pescas.

O secretário-geral da Associação Portuguesa de Aquacultores (APA), Fernando Gonçalves, que foi esta semana à Assembleia da República apresentar as suas reivindicações, disse à Lusa que as alterações introduzidas com a fiscalidade verde representam um agravamento de 20% na taxa de recursos hídricos (TRH) para as aquaculturas que se localizem em zonas sensíveis e vulneráveis.

“Como estamos todos localizados em zona hídricas vulneráveis e sensíveis, porque temos de estar ao pé de linhas de água, vamos ter um agravamento de 20% desta taxa” já em 2015, detalhou.

Em 2016 todos os valores base que compõem as diferentes componentes da TRH sofrerão um novo agravamento no seu preço, estimando-se um novo aumento de 20% nos custos.

Ver artigo completa aqui

Fonte: Açoriano Oriental – 25 de janeiro 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/24

Tomnod – Monitor Offshore Fishing

26-Screen Shot 2013-09-10 at 5.47.32 PM“The under-reporting and over-use of offshore fishing vessels is putting global food security at risk. Tag all boats within global oceans and help build research on the impact fishing currently has on global food security for the future.”

Participar na campanha aqui.

“Our Mission

The Tomnod mission is to utilize the power of crowdsourcing to identify objects and places in satellite images. We created this web app with thousands of volunteers (like you!) in mind. Use our satellite images to explore the Earth, solve real-world problems, and view amazing images of our changing planet. We then compare each team member’s findings with another to accurately understand the challenge at hand.”

Mais informações aqui.

Fonte: Tomnod

“The paper presents an analysis of the changes in fishing practices in West Africa both by national and foreign vessels and in trade patterns, as well as on the way in which these affect the economic and nutritional patterns of the Western and Central African countries, especially when climate variability is taken into account. Projections for the next decade indicate an increasing gap between estimated demand and supply under all scenarios elaborated. The more optimistic scenario shows that when environmental conditions are favourable, future fish supply cannot fulfil a growing population demand if per capita consumption remains at 2012 level. When environmental conditions are unfavourable, the supply-demand gap could rise to 1.8 million tonnes. However, even the best environmental conditions will not be able to satisfy the demand if the fish consumption per capita increases and the gap will progressively grow with time reaching 2.9 million tonnes in 2025. The pessimistic scenario presents a worrying picture of the future supply of West Africa where the gap between demand and supply may reach 3.3 million tonnes in 2025. In both scenarios, market mechanisms will adjust demand and supply by increasing the price of fish reducing therefore the accessibility for poor people and inhabitants of rural and areas far from the main fish markets. The foreseen deficiencies of fish supply will lead to nutritional loss, as some nutritional elements present in fish are not adequately represented in the foreseen substitutes (e.g. chicken). Therefore, climate variability increases the food security risks both in terms of quantity and quality.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Journal of Fisheries and Livestock Production

 

Publicado por: pongpesca | 2015/02/24

ICES Newsletter February 2015

Pode consultar o último número da newsletter do CIEM/ICES aqui.

Consultar números anteriores aqui.

Fonte: CIEM/ICES – 13 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/24

NOAA – FishNews February 11, 2015

Pode consultar o último número da newsletter do NOAA Fisheries Service aqui.

Consultar números anteriores aqui.

Fonte: NOAA – 11 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/23

Relatório Final do Debate MAR PORTUGUÊS

“No dia 16 de Janeiro de 2015, teve lugar na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL), uma sessão organizada pelo CICS.NOVA e CIBIO-Açores para debater a proposta de diploma aprovada em Conselho de Ministros de 8 de Janeiro, que desenvolve a Lei nº17/2014, de 10 de Abril, que estabelece as Bases da Política de Ordenamento e Gestão do Espaço Marítimo Nacional (LBOGEM).”

Ver relatório aqui.

Fonte: FSCH-UNL – 16 de janeiro de 2015

79b5b1e1-e5ea-4eed-8b31-b26bc73a3416-1020x612“Coastal populations put about 8m tonnes of plastic rubbish into the oceans in 2010, an annual figure that could double over the next decade without major improvements in waste management efforts, scientists warn.

The mountain of plastic litter, including bags, food packaging and toys, was equivalent to five full shopping bags of debris for every foot of coastline bordering nearly 200 countries the team studied.

Though researchers have known about plastic waste in the oceans for 40 years, the latest report, published in the journal Science, is the first to attempt a detailed estimate of how much plastic made on the planet finds its way into the oceans.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: The Guardian – 12 de fevereiro de 2015

A-toothfish-is-hauled-ont-008“Illegal “pirate” fishing damages the environment and human rights, and leads to economic losses of as much as $23.5bn (£15.3 bn) a year, according to fresh guidance which aims to help British businesses keep illegal fish products out of the supply chain and stamp the practice out.

A briefing published by retailers, conservation and human rights groups sets out in full how retailers and suppliers should act to end the long-term threat to the oceans, while building up legal and sustainable fisheries.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: The Guardian – 9 de fevereiro de 2015

herring-canada-01_88329_990x742“The Pacific herring—an oily, silvery, schooling fish—is rarely high on the list of marine animals people fret about.

But for the second straight year, the Canadian government has ignited a skirmish in British Columbia by moving to let fishing nets scoop up spawning herring, despite objections from scientists, Native people, and even commercial fishing groups.

This unusual battle is part of a global debate about the future of some of the oceans’ most important fish: the abundant schools of sardines, squid, smelt, anchovies, and herring that serve as forage for larger animals in the sea.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: National Geographic – 11 de fevereiro de 2015

logo_en“The world’s marine ecosystems are at risk of sudden and damaging changes. The authors of a recent study say that co-ordinated management of the many drivers of marine changes, such as overfishing and pollution, is needed across international, national and local scales to help avoid the ‘regime shifts’ that affect ecosystem services and human wellbeing.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: European Commission – 19 de fevereiro de 2015

Poster EN_FR_001

 

“During this hearing both scientific and practical aspects of the implementation of the MSY principle in fisheries management will be discussed with various experts in the field.

Location : Brussels – Paul-Henri Spaak (PHS) 4B001 ”

Ver em direto aqui.

Consultar o programa aqui.

Mais informações aqui.

Fonte – Comissão das Pescas do Parlamento Europeu

fishing_boats_cod_stocks_creditstockholm_university“The EU’s new multi-year plan for managing Baltic commercial fish stocks is an important step towards more sustainable fisheries, but with flaws that need urgent attention, write researchers at the Baltic Eye think tank, at Stockholm University’s Baltic Sea Centre.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: EurActiv – 19 de fevereiro de 2015

1621813_1489567301268160_2806131123211303011_nA Península de Setúbal é um território que se reveste de memórias vivas, de traços e traçados que rompem terra e mar, solos e águas férteis convertidas em fonte de sustento e riqueza. A diversidade é uma das principais características desta região e os seus inúmeros talentos colocaram-na desde tempos imemoriais na rota da civilização. A relação com o mar e com as zonas ribeirinhas são o principal destaque deste projecto.

Fonte: Historias de Mar

Publicado por: pongpesca | 2015/02/19

info.mutua – fevereiro 2015

logo_mutua-3Ver esta edição aqui.

Ver edições anteriores aqui.

Fonte: Mútua dos Pescadores – 18 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/19

The Human Rights at Sea (HRAS) initiative

copy-humanrightsatsea

The Human Rights at Sea (HRAS) initiative has been independently developed for the benefit of the international community for matters concerning explicit engagement with human rights issues in the maritime environment. The Human Rights at Sea international initiative’s aim is to explicitly raise awareness, implementation and accountability of human rights provisions throughout the maritime environment, especially where they are currently absent, ignored or being abused.

Ver o vídeo aqui.

Ver o Website aqui.

Fonte: Human Rights at Sea

6194804190-7aef40e6fa-zO Governo foi apanhado de surpresa com o relatório norte-americano que envolve navios portugueses em actividades de pesca ilegal e lamentou que tenha sido divulgado antes de serem recolhidas todas as informações sobre os casos reportados.

“É com surpresa que tomámos conhecimento do relatório de 2015” sobre Pesca Ilegal, Não Reportada e Não regulamentada (pesca IUU) em que Portugal é identificado como um Estado com navios envolvidos em pesca IUU, relativamente aos anos de 2013 e 2014, lê-se numa nota oficial a que a Lusa teve acesso.

Ver artigo completo aqui

Fonte ionline – 18 de fevereiro de 2015

Ver artigo relacionado aqui.

Publicado por: pongpesca | 2015/02/17

Support the EU Fisheries Commissioner to End Overfishing

EU+Boat“Encouraged by hundreds of thousands of people, decision-makers agreed in 2013 an historic reform of the Common Fisheries Policy that aims to end EU overfishing.

Karmenu Vella, the Commissioner for Environment, Maritime Affairs and Fisheries, now needs your support to secure prompt and effective implementation of that policy.

Join our campaign and sign the petition to Karmenu Vella today, share it with your friends, and together we can play our part in ending EU overfishing.”

Assinar a petição aqui.

Fonte: Pew Charitable Trusts – 17 de fevereiro de 2015

Mais informações aqui.

Ver artigo relacionado aqui.

CartazMiniCicloDocumentariosBIO_Fev2015 (2)

 

Mais informações aqui.

Fonte: ISPA

2015noaareptcongress_cover“NOAA continues to be a global leader in addressing illegal, unreported, and unregulated (IUU) fishing. Today, the Agency released its 2015 Biennial Report to Congress highlighting U.S. findings and analyses of foreign IUU fishing activities and of bycatch of protected species and shark catch on the high seas where nations do not have a regulatory program comparable to the United States.

Six nations—Colombia, Ecuador, Mexico, Nigeria, Nicaragua, Portugal—were identified in the 2015 Report as having vessels engaged in IUU activity. On behalf of the United States, NOAA Fisheries will engage in consultations with each of the nations to press for corrective action to address these activities, and improve their fisheries management and enforcement practices relating to IUU fishing. If sufficient action is not taken, and the nation does not receive a positive certification in the next Biennial Report, prohibitions on the importation of certain fisheries products into the United States and the denial of port privileges for fishing vessels of that nation are applicable.”

Ver artigo completo aqui.

Ver relatório completo aqui.

Fonte: Fonte: NOAA – 10 de fevereiro de 2015

Ver artigos relacionados aqui e aqui.

Publicado por: pongpesca | 2015/02/17

NOAA – FishNews February 4, 2015

Pode consultar o último número da newsletter do NOAA Fisheries Service aqui.

Consultar números anteriores aqui.

Fonte: NOAA – 4 de fevereiro de 2015

903583“Cai a noite, o frio aperta, Stefan Boti e a mulher vão dormir para uma tenda montada dentro de um pequeno bote, ancorado junto ao estaleiro do porto de Olhão. A barraca que o casal possuía há 13 anos, na ilha de São Lourenço, foi demolida. A mobília — ou melhor, os canecos que lhes restam — foi depositada num contentor. “Nenhuma demolição é feita nas ilhas-barreira em primeira habitação sem o realojamento ser feito”, garantiu o ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva, esta semana na Assembleia da República. Em Olhão, a história conta-se de outra forma: quatro famílias reclamam há duas semanas apoio social de emergência. A câmara, socialista, possui casas de habitação social, mas entende que “a responsabilidade do realojamento dessas famílias é do Ministério do Ambiente”.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Público – 13 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/16

Praias da Arrábida recebem 287 mil pessoas no Verão

901399“As praias do Parque Natural da Arrábida (PNA) recebem por ano, na época balnear, quase 300 mil pessoas e cerca de 40 mil viaturas, revela um estudo realizado por investigadores da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, que está em fase de conclusão.

O estudo sobre a Percepção dos utilizadores das praias do PNA foi desenvolvido nos dois últimos anos – 2013 e 2014 – e o relatório final ficará concluído em Maio de 2015. Mas já há números que permitem conhecer, pela primeira vez, muita coisa sobre o que pensam os frequentadores destas praias.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Público – 3 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/16

Tuning acoustics for ocean observations

WGIPS“Observations, necessary for the reliable monitoring of the biogeochemical, ecosystem and physical processes that govern life in the ocean, are at the heart of AtlantOS. Launched in response to a call by the EU’s research and innovation programme Horizon 2020, the four-year project aims to tie together all the disparate observing activities that take place across all disciplines in the Atlantic Ocean into one overarching scheme. This rounded picture of the state of the ocean will facilitate better management and sustainable exploitation of its resources.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: ICES – 29 de janeiro de 2015

logo_en1“Bacteria taken from underground petroleum reserves could be used to effectively break down crude oil from spills at sea, new research has found. The study measured the breakdown of crude oil components in simulated seawater by four bacterial strains that had been isolated from petroleum reservoirs, as well as by four genetically modified stains. The findings raise the possibility of tailor-making organisms to clean up specific types of contamination.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: European Commision – 12 de fevereiro de 2015

 

Publicado por: pongpesca | 2015/02/13

Primeiro ensaio de utilização de um aeróstato

“No dia 7 de fevereiro de 2015 foi realizado o primeiro ensaio de utilização de um aeróstato, produzido pela AeroDrum com sistema de fotografia de Alta Definição, para monitorização de animais marinhos a partir de pontos costeiros.”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: MarPro – 09 de fevereiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/12

Ten Years of Online Traceability for Safer Food in Europe

1_salmononicemay12EU – TRACES – the European Commission’s free online system that enhances the safety of the food chain and facilitates trade – is celebrating its 10th birthday.

Ver artigo completo aqui.

Fonte: The Fish Site – 11 de fevereiro de 2015

small_scale_fisheries_378x235_1With 90 percent of the world’s 38 million fishermen believed to be operating in small-scale fisheries, overfishing and declining catch is a rapidly mounting ecological and socio-economic problem – and it’s hitting developing countries harder than most.

Ver artigo completo aqui.

Consulte o site aqui.

Fonte: Environmental Defense Fund – 29 de janeiro de 2015

Publicado por: pongpesca | 2015/02/12

Essential forage fish have an identity crisis

Forage Fish Panel JoomlaA lively discussion about fishmeal and fish oil — longtime afterthoughts now at the forefront of seafood sustainability — at the SeaWeb Seafood Summit on Wednesday started with the salient question: What exactly is a forage fish?

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Seafood Source – 11 de fevereiro de 2015

18735419_770x433_acf_cropped-770x433

Portugal foi um dos seis países com navios envolvidos em atividades de pesca ilegal identificados num relatório do Departamento de Pesca da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA.
No caso de Portugal, foram detetados três navios com bandeira portuguesa envolvidos em atividades de pesca que violavam as medidas de conservação.

Portugal foi um dos seis países com navios envolvidos em atividades de pesca ilegal identificados num relatório do Departamento de Pesca da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA) divulgado esta quarta-feira. O relatório bienal de 2015 destina-se ao Congresso norte-americano e revela atividades de pesca ilegal, não declarada ou não regulamentada (IUU, na sigla inglesa) de frotas estrangeiras, bem como capturas acidentais de espécies protegidas e tubarões.

Ver artigo completo aqui.

Fonte: Observador – 11 de fevereiro de 2015

No âmbito da preparação do Programa Operacional (PO) Mar 2020 e nos termos do art.º 7º do Decreto-Lei
nº 232/2007 de 15 de junho, é submetido a consulta publica o Relatório Preliminar da  Avaliação  Ambiental
Estratégica relativo ao Mar 2020, o respetivo Sumário Não Técnico, e o respetivo projeto do Programa
Operacional (PO), a fim de recolher observações, sugestões e outros comentários que sejam formulados por
associações, organizações ou grupos não governamentais e por todos os interessados na aprovação do
referido Programa.

Esta consulta pública está aberta pelo prazo de 20 dias, ao abrigo do Despacho n.º 1390-A/2014 de 27 de
janeiro, dos Gabinetes dos Secretários de Estado do Desenvolvimento Regional e do Ambiente, relativo aos
Fundos Europeus Estruturais e de Investimento, decorrendo no período compreendido entre 23 de janeiro e
20 fevereiro de 2015.

Os contributos deverão ser remetidos para o seguinte endereço eletrónico: pomar2020@dgrm.mam.gov.pt

Ver página oficial da consulta pública aqui.

Consultar Relatório Ambiental Preliminar aqui (documento completo) e aqui (sumário não técnico)

Consultar esboço mais recente do Programa Operacional MAR 2020 aqui.

Fonte: PROMAR

Ver artigo relacionado aqui.

4e4faa40-1c3a-48df-a5c6-8c8bcdfbb4d0-1020x612“While we focus our anger on Japan using ‘scientific research’ as an excuse to kill marine life, Europe is doing the same thing under our noses with electric pulse trawling, with potentially disastrous effects”

Ver artigo completo aqui.

Fonte: The Guardian – 9 de fevereiro de 2015

Older Posts »

Categorias

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.230 outros seguidores

%d bloggers like this: